FIELD DAY 2005
 
 
Castelo de Pirescouxe , Stª Iria da Azóia.
 
CQ5FD

Na esteira de uma tradição já antiga na ARVM, foi projectado o Field Day 2005, desta vez com actividades complementares ao espírito base de um Field Day.

Simultaneamente com o FD2005, foi decidido proceder à assinatura do Protocolo entre a Câmara Municipal de Loures e a ARVM, para formalizar a Bolsa de Radioamadores Voluntários da Protecção Civil Municipal de Loures, e a uma iniciativa inédita entre nós, a Exposição de documentação e equipamentos, gentilmente cedidos por Radioamadores que apoiaram a iniciativa.

 

Durante a execução do FD2005, realizado entre as 12H00 do dia 18 e as 12H00 do dia 19 de Junho, foram feitos os tradicionais contactos para entrega de diploma alusivo ao evento, com contactos validos para os seguintes diplomas,

DCFP  C-065  e DMHP LX-059

 
Alguém de expressão hábil e com profundo conhecimento do radioamadorismo, definiu-o como uma actividade votada ao uso das comunicações via rádio.
 
Com o objectivo de estimular o estudo e a pesquisa da radioelectricidade e das condições de propagação ionosférica, bem como de todas as variações que a física impõe e ao mesmo tempo estabelecer vínculos de amizade entre pessoas, em conversação convencional, codificada, digital ou com auxílio de satélite.
 
Actividade que não visa o lucro nem tem cunho comercial na sua exploração.
 

Radioamador é a pessoa oficialmente habilitada a operar estação de rádio, e que nunca hesita em pôr a sua experiência ao serviço da comunidade. Disso têm sido dadas suficientes provas em todo o Planeta

Na ARVM, na nossa humildade, organizámo-nos numa Bolsa de Radioamadores Voluntários, para servir a comunidade em coordenação com Serviço de Municipal de Protecção Civil da Câmara Municipal de Loures, tendo entretanto assinado um Protocolo, no Congresso da Figueira da Foz , com o Serviço Nacional de Protecção Civil .

 
 
Simultaneamente foi feito um simulacro de exercício de Protecção Civil da Bolsa de Radioamadores Voluntários, a partir de um posto de comando montado (em exposição) com meios de emergência disponíveis na ARVM, com capacidade de resposta imediata.
 
 
 
 
Desde a Graça até ao Castelo de Pirescouxe sempre acompanhado pelo APRS
 
 
 
 
 
 
 
 
A Bolsa de Radioamadores Voluntários, com a assinatura deste Protocolo passou a ser a realidade que desde há muito vinha a ser preparada, pela actual e anteriores Direcções da ARVM, sempre sob a competente orientação do Coordenador da Protecção Civil Municipal da CML, Sr. Coronel Ivo Estudante e do responsável máximo pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Loures, o Exmo. Presidente da Câmara, Engº Carlos Teixeira.
 

Disse que hoje passávamos a ser uma realidade, peço desculpa aos componentes da Bolsa de Radioamadores Voluntários, porque nós sabemos que já fizemos 18 exercícios a dias e horas fora de qualquer rotina, um grande exercício em conjunto com outras Entidades, denominado Lourex 2004, e participámos em três outros de grande dimensão.Todos os exercícios com resultados acima das expectativas mais optimistas.

 

O Protocolo que acaba de ser assinado entre a Câmara Municipal de Loures e a ARVM, não é mais que uma grande responsabilidade, embora tenhamos consciência do nosso voluntariado, é importante frisar bem “consciência “,  que se formos necessários, não somos mais do que  pessoas de bem que apenas querem dar o seu melhor, colaborando com humildade em todas as acções para que estão preparados, sem protagonismos desnecessários.

 

 
 
A ARVM está hoje de parabéns por realizar mais um tradicional Field Day, este diferente dos anteriores, como espero que seja tudo o que vamos fazendo.
 

Quando o Sr. Fernando Jorge Neves, então Presidente da Junta de Freguesia de Moscavide, nos disponibilizou espaço para a Sede Social de que nos orgulhamos, certamente não adivinhava até onde iria a ARVM. 

 

O progresso está permanentemente a ser ultrapassado, o tempo e a história evoluem a uma velocidade incontrolável. A ARVM teima em não perder o presente que em cada dia deixa de ser futuro, marcando a sua existência de forma indelével.

 

Na Sala Multiusos do Castelo de Pirescoxe, esteve patente ao público uma Exposição de documentos que fazem parte do espólio do futuro Museu do Radioamador, com a inestimável colaboração do CT1END - Carlos Nora.

 
 
 Na construção caseira, brilharam o recentíssimo linear construído pelo CT1EJD - Jorge Ribeiro, os equipamentos do CT1QP - Carlos Ladeira, do CT1HKD - Manuel Ribeiro, etc ,etc, etc.
 
 
 
 
Fonte de alimentação construída pelo Colega CT1DWX - Elias Miranda
 
 
 
 
Capacimetro e Oscilador 
 
 
 
O lendário SSTV do CT1BRM - José  Manuel Nunes.
 
 
Válvula do emissor dos CTT de Angola, de CT4IS - José  Farizo
 
 
 
Receptor de um avião Gladiator do CT1ATS - Emídio Martins.
 
 
Galenas do CT1DRY - Vítor Paulino.
 
 
Sem perder a sua razão de ser, o Field Day 2005 através da Exposição, demonstrou que os Radioamadores são também técnicos competentes que sabem construir os seus equipamentos, que tem imaginação para criar e desenvolver novos conhecimentos e que preservam as suas tradições.
 
 
 
 
Analisador de válvulas montado pelo Colega CT1DWX - Elias Miranda
 

Todas as actividades foram transmitidas em directo pela TVA da ARVM, através de uma estrutura artisticamente construída com peças da sucata e montadas num único conjunto com características de mobilidade total, fruto da dedicação, engenho e arte de CT1DQF - João Correia.

 

Hoje, recebemos mais um forte estímulo para continuarmos a honrar o Radioamadorismo, pondo-o ao serviço da comunidade sempre que, Deus queira que nunca, alguma emergência grave ou calamidade nos ponha à prova.

 

Finalmente, com a assinatura do Protocolo entre a Câmara de Loures e a ARVM, ficou oficialmente demonstrado que o radioamador sabe, quer e põe os seus conhecimentos ao serviço da comunidade, sempre que necessário, como foi dito pelo Presidente da ARVM - CT1ESA e pelo Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Loures, Eng.º Carlos Teixeira, e tantas vezes demonstrado por todo o Planeta.

 
 

A  ARVM manifesta a todos quantos trabalharam, para que o Field Day 2005 fosse um sucesso, toda a gratidão pelo espírito de solidariedade demonstrado.

Até ao próximo Field Day, até lá esteja atento ás nossas noticias.

73"s, a Direcção da A.R.V.M.

 

Se desejar ver as fotos do Field Day

1999 Clique  aqui 2005 Clique  aqui
2000 Clique  aqui 2006 Clique  aqui
2001 Clique  aqui 2007 Clique  aqui
2002  Clique aqui 2008 Clique  aqui
2003 Clique  aqui 2009 Clique  aqui
2004 Clique  aqui 2010 Clique  aqui

 

Se desejar ver as fotos de outros Field Day´s mais antigos clique  aqui

TOPO